são uma forma de aprender com a dos sentimentos

na educação infantil podem, além de ser uma atividade prazerosa, levar a criança a descobrir, criar, compartilhar experiências e trabalhar a .

Artes plásticas na Green Apple School.

O contato da criança com a deve acontecer da forma mais lúdica e prazerosa possível.

Artes plásticas são nada mais que a capacidade de moldar, modificar, reestruturar e ressignificar os mais diversos materiais na tentativa de conceber e divulgar nossos sentimentos e, principalmente, nossas ideias.

  • artes plásticas
    [Artes]  As artes do desenhoda da escultura e daarquitetura“artes plásticas”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

A categoria “arte” passou a delimitar uma expressão específica do ser humano, afinal, existem coisas belas que não são arte, no entanto admiramos e, ainda, há coisas que admiramos, mas não são belas e nem são arte. E o pior: coisas que não gostamos, não são belas e são “arte”.

Artes plásticas. De acordo com o ponto de vista!

Belas, indiferentes, boas, ruins. Independente do valor estético das artes, o importante é considerar que essas promovem o desenvolvimento integral do indivíduo: intelectual, emocional, social, perceptivo, físico, estético e criador. Tudo isso pode ser desenvolvido por meio do ato da criação.

Por isso, o ensino das artes plásticas é um meio importante para que os alunos possam compreender a si mesmos e aos outros, para a compreensão da sua própria realidade, na expressão de seus sentimentos, emoções, desejos e projetos, na sua autonomia pessoal e social.

Os profissionais da área de educação precisam adotar a atitude de encorajá-la a se exprimir por meio de algum material de criação.

Assim, encontrarão mérito verdadeiro nas expressões artísticas naturais das crianças. O professor não deve jamais tentar avaliar uma experiência artística, mas deve procurar compreendê-la, pois aquilo que é criado é uma expressão do que se pensa ou do que se sente.

Prazer, e desenvolvimento cognitivo e motor

As de artes na educação infantil devem proporcionar momentos prazerosos, que provoquem na criança o desejo da descoberta, a flexibilidade manual, a destreza, a , a produção e a reflexão, nas quais podem ser explorados diversos materiais.

Enquanto desenha, pinta e faz colagem, a criança está liberando suas emoções, suas fantasias, estabelecendo uma troca consigo mesma, com o outro e com o mundo. Cabe ao professor entender, estimular e criar um ambiente em que possibilite observar cada atividade.

Para isso, é importante a clareza dos objetivos, tanto nas atividades livres (que são aquelas em que os alunos escolhem os materiais e temas) quanto nas fechadas (aquelas em que o professor propõe os temas e as estratégias).

Artigo originalmente publicado em CPT Cursos.

Deixe uma resposta