Empreendedorismo na escola. Na Green tem!

0
587

Na Green a criança desde cedo aprende a aplicar o seu nato.

Empreendedorismo na escola. Artigo de Rita Kannebley, Diretora da Green Apple School.

Todo ser humano empreende desde cedo, rumo a algo desejado.

Seja alcançar a gaveta de doces, engatinhar até o brinquedo do outro lado da sala, obter mais “tetê”, inventar uma para obter dos pais algo que deseja ou juntar pedrinhas da mesma cor até ter uma pilha, toda criança é um empreendedor nato.

Aos 9 anos, britânico já criou três empresas

é um empreendedor prodígio.

Começou seus quando tinha apenas 7 anos, vendendo sacos de esterco no site de leilão on-line eBay. Em seguida passou a revender produtos que comprava em brechós. Sua atual empreitada é uma loja on-line de doces, que ele decidiu abrir com a ajuda de sua mãe.

Com o nome de Not Before Tea (), a loja tem dado um bom retorno, garante o jovem proprietário. A meta de receita prevista para o primeiro mês foi atingida em apenas uma semana. “Como uma criança, eu sou a melhor pessoa para desenvolver produtos infantis”, disse o garoto em entrevista à BBC.

 

Apesar de surpreendente, o caso de Henry não é único.

empreendedorismo na escolaOutra britânica, de 6 anos, também se enveredou no mundo empreendedor com lojas de doces. Mollie Price é dona de uma pequena rede de doces na cidade de Welshpool.

Veja a matéria no site Época Negócios.

Um caso como o dele não é uma raridade. Aliás, a raridade é os pais permitirem à criança ir adiante no seu empreendedorismo, com o pensamento já um tanto quanto antiquado de que criança não tem inteligência suficiente, ou simplesmente por ‘medo de que possa dar certo”.

Mente e inteligência ainda intactos permitem à criança ver o mundo com muita clareza.

As crianças não estão ainda com seus pensamentos poluídos nem embotados e suas idéias são normalmente “surpreendentes” para os pais cansados e desanimados, ou simplesmente acomodados ao modo de pensar vigente.

Este, apesar de ter dado certo para eles, não irá se manter, pois o vigente é relativo à época em que se vive, e o pensamento humano muda a cada segundo, que diríamos a cada dia ou ainda a cada ano.

A visão de mundo de uma criança é prática e pragmática, mesmo que seja envolta em brincadeiras e fantasias. Ela vê exatamente o que vê.

Nos questiona e então implantamos na mente dela o que cremos que ela está vendo e então, o processo de crescimento intelectual da criança pode acelerar ou perder ritmo e até ficar extremamente lento.

Uma criança que sabe como empreender no momento vigente saberá empreender em qualquer momento vigente.

Empreendedorismo na escola

Na Green Apple, as crianças possuem uma hortinha orgânica.

Toda a sua produção vai para o consumo dos alunos na escola, e os excedentes são levados para casa. Leia o artigo.

Escrevi este rápido artigo para ilustrar o quanto a Green Apple Bilingual School considera importante a formação de adultos extraordinários a partir de crianças que são, elas mesmas, seres extraordinários.

Felicidades e até breve!

Rita Kannebley, diretora.

Deixe uma resposta